Presidência da Câmara acaba com voto secreto para vetos do executivo


Seguindo o rito de abranger ainda mais a transparência no legislativo campinense, os vereadores aprovaram o projeto de emenda N°2/2015 que altera a redação na lei orgânica e acaba com o voto secreto para vetos do executivo municipal.

O projeto de autoria da mesa diretiva da casa de leis de Campina Grande do Sul prevê que o veto só poderá ser rejeitado com no mínimo de dois terços de votos dos parlamentares e em votação aberta, seguindo as normativas legais e constitucionais.

O projeto teve o parecer favorável da Comissão de Justiça e Redação formada pelos vereadores Geraldo de Souza (Vaquinha), Pedro Café e Sidnei Ribeiro de Camargo e segue em harmonia com o intuito da Câmara Campina de ampliar a transparência nos atos públicos, tornando assim um processo mais simples do cidadão acompanhar e entender.

O vereador-presidente da casa de leis campinense Sergio Cavagni (Serginho), falou em nome dos demais vereadores. “Nós temos um compromisso com a população de Campina e devemos prestar contas aos reais detentores do poder que é justamente o povo. Essa é mais uma ação e mais um grande passo positivo em busca de uma maior participação popular através da transparência em nossos atos” finalizou.

Posts Recentes

© 2016 por Assessoria de Imprensa