Castelo responde oficio "encabeçado" pelo Serginho


A Viação Castelo Branco, responsável pelo transporte público em Campina Grande do Sul e região, respondeu o ofício encaminhado pela Câmara de vereadores, que solicita providências urgentes quanto a má qualidade dos serviços prestados pela concessionária no município. As medidas solicitadas referem-se, principalmente, aos atrasos constantes, má conservação e limpeza dos coletivos, além de respostas quanto a superlotação causada pela redução de linhas, entre outros. No documento lido durante a primeira sessão ordinária do ano, a empresa rebateu as deficiências e se absteve completamente de sua obrigação para solução dos problemas, transferindo a responsabilidade para outros órgãos como Urbs e Coordenação da Região Metropolitana (Comec), responsáveis em administrar e fiscalizar o transporte público em Curitiba e RMC. Outra questão levantada pela empresa foi quanto o valor da tarifa, que segundo a concessionária é deficitária se comparado ao aplicado na capital, onde o transporte público recebe incentivos municipais e estaduais. A empresa também cita que na última década vem amargando sérios prejuízos financeiros, e que investimentos em melhorias como a implantação de novas linhas, O presidente da Câmara, vereador Sérgio Cavagni (Serginho), representando todos os vereadores, considerou inoportuno o posicionamento da empresa e solicitou aos demais legisladores que medidas sejam tomadas daqui pra frente. ”Se a única empresa de transportes que temos para atender a população vem acarretando prejuízos e não consegue aplicar o valor da tarifa em novos investimentos, acredito que a melhor alternativa é passar a concessão para outra”, afirmou Cavagni.

Posts Recentes